Home » Noticias » Abiquim reduz previsão de déficit comercial do setor

Abiquim reduz previsão de déficit comercial do setor

A Associação Brasileira da Indústria Química (Abiquim) reduziu a previsão para o déficit comercial de 2014 devido à desaceleração da economia e a perspectiva de enfraquecimento da atividade industrial. A expectativa é de saldo negativo de US$ 31,5 bilhões, ante previsão anterior de déficit “com pequeno desvio” em relação ao recorde de US$ 32 bilhões negativos registrado em 2013.

Segundo o Relatório de Estatísticas de Comércio Exterior (Rece), as importações brasileiras de produtos químicos totalizaram US$4,4 bilhão em julho, com alta de 7,6% na comparação anual, enquanto as exportações somaram US$1,5 bilhão, com expansão de 17,7% frente a julho de 2013.

“O delicado momento econômico que vivem alguns dos principais parceiros comerciais brasileiros, notadamente a Argentina, e as perspectivas de fracos resultados do setor industrial em 2014 são fatores que nos permitem reavaliar o montante do déficit em produtos químicos, o qual passa a ser estimado até o fim do ano em US$ 31,5 bilhões”, afirmou a diretora de Assuntos de Comércio Exterior da Abiquim, Denise Naranjo.

Com esse desempenho, no acumulado de janeiro a julho, as compras externas de produtos químicos alcançaram US$ 25,5 bilhões, 2,2% abaixo do registrado no mesmo intervalo de 2013 – em volume, porém, houve alta de 7,8%, para 21,9 milhões de toneladas.

Já as exportações, que somaram US$ 8,3 bilhões nos sete primeiros meses do ano, ficaram praticamente estáveis, com crescimento de 0,2% na mesma base de comparação.

Fonte: Valor Econômico, 15/08/14

Veja também

Aedes_aegypti_during_blood_meal

Incidência de casos de dengue é maior em ilhas de calor

Com base nos dados da Prefeitura de São Paulo colhidos entre 2010 e 2011, uma ...