Home » Noticias » Banho com água sanitária pode rejuvenescer, diz estudo

Banho com água sanitária pode rejuvenescer, diz estudo

Pesquisa conduzida por uma equipe da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, e publicada na revista científica Journal of Clinical Investigation aponta que a água sanitária é uma alternativa ao tratamento de problemas cutâneo, como dermatite e úlcera, e que até mesmo o envelhecimento pode ser freado com banhos em que o produto de limpeza esteja diluído. O relatório indica o uso de até 0,005% da substância durante o banho, apesar de testes em humanos ainda não terem sido feitos. Pesquisadores colocaram na rotina de ratos velhos, durante duas semanas, o banho com água sanitária. Observou-se, com a ajuda do microscópio, um aumento na quantidade de novas células cutâneas, apesar de o rejuvenescimento não ter sido visto a olho nu.

Ainda preliminares, os resultados geram controvérsia. “Afirmar que a água sanitária pode curar doenças dermatológicas me parece muito perigoso, pois as pessoas podem de forma inadvertida utilizá-la inadequadamente, podendo produzir irritações e até formas de sensibilização na pele de alguns indivíduos”, avalia Jayme de Oliveira Filho, dermatologista e coordenador do Departamento de Cosmiatria da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).

A Abiclor desconhece o estudo e aguarda que informações detalhadas e dados concretos estejam disponíveis para se manifestar a respeito. De qualquer forma, a Abiclor alerta e recomenda que o manuseio e o uso da água sanitária (concentração de cloro ativo na faixa de 2,0% a 2,5%) para qualquer fim seja sempre feito usando equipamentos de proteção individual como luvas, botas e óculos de segurança. Para mais  informações acesse http://clorosur.org/wp-content/uploads/Folheto-Santa-Casa.pdf.

Fonte: Portal Terra – edição de 16/12 de 2013

Veja também

Aedes_aegypti_during_blood_meal

Incidência de casos de dengue é maior em ilhas de calor

Com base nos dados da Prefeitura de São Paulo colhidos entre 2010 e 2011, uma ...