Home » Noticias » Chega a 15 o número de infectados com chikungunya em SP

Chega a 15 o número de infectados com chikungunya em SP

Mais um caso de chikungunya foi confirmado ontem, dia 7, em Sorocaba, pelo serviço de vigilância epidemiológica da região. A doença, similar à dengue e transmitida também pelo Aedes aegypti, já infectou 15 pessoas no Estado de São Paulo, todos eles casos importados, ou seja, os pacientes adquiriram o vírus em outro país, segundo a Secretaria de Estado da Saúde.

O jornal O Estado de S.Paulo informa que o 15º caso é de um missionário que retornou em julho de um trabalho no Haiti. Como a doença é transmitida pelo Aedes, é preciso tentar manter o mosquito sob controle para evitar o surgimento de novos casos. Os sintomas iniciais da doença são febre alta, de início repentino, dores intensas nas articulações de pés e mãos, dedos, tornozelos e pulsos, dores de cabeça, dores musculares e manchas vermelhas na pele, sendo que os sintomas podem durar até seis meses.

Para combater a proliferação do mosquito transmissor não deixe acumular água parada em casa. A água sanitária (hipoclorito de sódio diluído) é 100% eficaz na eliminação de larvas do Aedes Aegypti, como mostra estudo realizado pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, da Universidade de São Paulo (ESALQ/USP), em parceria com a Abiclor.

Fonte: O Estado de S.Paulo, 07/08/2014

Veja também

Aedes_aegypti_during_blood_meal

Incidência de casos de dengue é maior em ilhas de calor

Com base nos dados da Prefeitura de São Paulo colhidos entre 2010 e 2011, uma ...