Home » Noticias » Chikungunya e dengue devem ter surtos simultâneos no verão

Chikungunya e dengue devem ter surtos simultâneos no verão

Quando comparado com a dengue, o vírus chikungunya mata com menos frequência. Ainda assim, com sintomas parecidos e sendo transmitidas pelo mesmo mosquito, há a probabilidade de que o próximo verão seja o primeiro com os dois circulando no país, podendo até conter surtos simultâneos das doenças em algumas regiões.

Entre febre, dor de cabeça, dor muscular e dor nas articulações, os quadros parecidos são amenizados com o combate aos sintomas, já que ambas as doenças não possuem tratamentos específicos. Já a prevenção envolve as mesmas regras, com a tentativa de controle dos mosquitos que transmitem o vírus.

Porém, apesar das medidas de cautela, o chikungunya deve seguir o mesmo padrão de ocorrência do vírus da dengue. Segundo Stefan Cunha Ujvari, infectologista do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, o vírus está se espalhando pela locomoção humana. E ele acrescenta: “vai haver um fluxo de pessoas que podem trazer o vírus. Se houver chuvas, que levam a um maior número de mosquitos, tem uma chance muito grande de o chikungunya eclodir como uma epidemia no próximo verão”.

Pensando nisso, o Ministério da Saúde continua emitindo alertas. No início do mês, lançou a campanha de prevenção “O perigo aumentou. E a responsabilidade de todos também”, envolvendo os dois vírus, já que, por seguirem os mesmos padrões sazonais, em épocas de calor e chuva a reprodução dos mosquitos possuem a tendência de aumentar.
Fonte: G1, 23/11/2014

Veja também

Aedes_aegypti_during_blood_meal

Incidência de casos de dengue é maior em ilhas de calor

Com base nos dados da Prefeitura de São Paulo colhidos entre 2010 e 2011, uma ...