Home » Noticias » Cidade carioca abre centro de referência para combater leptospirose

Cidade carioca abre centro de referência para combater leptospirose

A cidade de Nova Iguaçu, no Rio de Janeiro, inaugurou esta semana, o Centro de Referência de Síndrome Febril para atender todas as pessoas com febre e que tiveram contato com a água das chuvas para que os agentes de saúde investiguem casos suspeitos de leptospirose, informa reportagem do jornal O Globo.

A doença é transmitida pela urina do rato e o risco de contraí-la aumenta depois das enchentes. A população deve ficar atenta aos sintomas, que aparecem em até 30 dias depois do contato com a água das inundações e são parecidos com os de uma gripe: febre, dores de cabeça, dor pelo corpo, principalmente nas panturrilhas (batata da perna) além de, em alguns casos, a pele adquirir um tom amarelado (icterícia). A preocupação da prefeitura de Nova Iguaçu aumentou nos últimos dias, já que a cidade foi uma das prejudicadas com as fortes chuvas que atingiram o estado na semana passada.

Para evitar a doença, o jornal O Globo listou uma série de dicas enviadas pela prefeitura de Nova Iguaçu:

Para desinfetar a casa e os objetos prepare uma mistura de água e água sanitária: quatro xícaras de café de água sanitária para cada 20 litros de água. Moradores que tiveram suas casas tomadas pela água da chuva devem esperar baixar a água para lavar e desinfetar o chão, paredes, objetos e roupas, além da caixa d’água. Depois, tudo deve ser enxaguado com água limpa. Todo o alimento que teve contato com água contaminada deve ser descartado porque pode transmitir doenças. Caso seja necessário voltar à área atingida pelas chuvas é importante usar botas e luvas ou amarrar duas sacolas plásticas em cada mão e pé.

Para purificar a água para consumo humano recomenda-se colocar 2 gotas de hipoclorito de sódio para cada 1 litro de água. Essa solução deve ser guardada dentro de um recipiente opaco, isto é, não transparente, como um pote de barro ou uma garrafa térmica, por exemplo. É importante que o recipiente fique fechado e é fundamental esperar 30 minutos após pingar as gotinhas para consumir a água. Este tempo é necessário para que a solução faça efeito, eliminando todos os microorganismos. A água limpa serve para beber, cozinhar, lavar legumes, frutas e hortaliças, lavar a louça e tomar banho.

Para mais informações sobre cuidados e uso da água sanitária, clique aqui

Veja também

Aedes_aegypti_during_blood_meal

Incidência de casos de dengue é maior em ilhas de calor

Com base nos dados da Prefeitura de São Paulo colhidos entre 2010 e 2011, uma ...