Home » Noticias » Construções implantam sistemas inteligentes para reuso da água

Construções implantam sistemas inteligentes para reuso da água

Para reduzir a vazão das águas em meio à crise hídrica, novas construções e projetos antigos têm implantado sistemas inteligentes. É o caso do estádio do Maracanã, que possui uma série de métodos de reaproveitamento. Através de um sistema capaz de economizar 50% de água potável, é possível utilizar a mesma água no sistema de irrigação automática do gramado, que é acionado de acordo com a umidade do ar. Além disso, torneiras inteligentes foram instaladas nos banheiros e descargas ecológicas compõem o esquema de reúso.

A Companhia de Água e Esgotos do Rio de Janeiro, a Cedae, também investiu em sistemas inteligentes. Em sua sede, no Rio, um sistema de reúso para atividades que não exigem o consumo de material 100% limpo, como em sanitários ou no cultivo dos jardins, foi implantado. Dessa forma, a quantidade armazenada supre a demanda de uma semana.

Pensando nisso, colégios cariocas também têm usado a água da chuva na limpeza de piscinas, corredores, rampas, para regar o jardim e nas descargas dos banheiros. O Colégio Olga Benário Prestes, localizado em Bonsucesso, Rio de Janeiro, possui aproximadamente 2,5 mil estudantes e conta com uma cisterna de 20 mil litros, adaptando o uso sustentável dos recursos naturais.

Outro bom exemplo foi dado por uma rede de hotéis de luxo que, sem diminuir o conforto dos hóspedes, realizou obras para reduzir a vazão dos chuveiros e mudanças significativas em seu sistema de descargas. Além disso, a rede composta por cinco hotéis planeja adaptar estações de tratamento de efluentes e também reutilizar a água da chuva.

Fonte: Correio do Brasil, 12/03/2015

Veja também

Aedes_aegypti_during_blood_meal

Incidência de casos de dengue é maior em ilhas de calor

Com base nos dados da Prefeitura de São Paulo colhidos entre 2010 e 2011, uma ...