Home » Noticias » Empresas buscam soluções para reduzir consumo de água

Empresas buscam soluções para reduzir consumo de água

A sustentabilidade, a busca por consumos mais conscientes e práticas de reuso começam a fazer parte do cotidiano de novos segmentos de empresas. Dentro das diversas ações realizadas por diversos grupos, um dos temas mais recorrentes é a reutilização da água.

A empresa paulista Remaster viabilizou um sistema de montagem de placas sobre as lajes do telhado que permite armazenar o excesso de água das chuvas. A Cyrela foi a pioneira na instalação desse sistema, em 2011, no empreendimento Galleria Mooca. A instalação foi utilizada para a manutenção dos telhados verdes, jardins construídos sobre as lajes de guaritas, passarelas e coberturas de edifícios que ajudam a amenizar a temperatura do ambiente e reduzir o consumo de água.

No condomínio comercial Alvino Slaviero, da Brasilincorp, foram instalados sistemas de captação e tratamento de água da chuva, dos lavatórios e do ar-condicionado, o que reduziu em cerca de 80% o consumo de água, segundo o diretor executivo da Brasilimport, Murilo Cerdeira. A água tratada é reutilizada nos vasos sanitários, no paisagismo e na lavagem de áreas comuns. As estações de tratamento não ocupam muito espaço e o investimento se paga em até 18 meses.

Seguindo a mesma ideia, a empresa paulista de transporte de cargas Jadlog investiu cerca de R$ 100 mil em equipamentos e instalações para operar um lava-rápido que permite o reuso da água de lavagem dos 80 caminhões da frota. A empresa agora economiza 200 mil litros de água por mês, diminuindo em 85% o consumo com essa finalidade e reduzindo seus gastos a R$ 10 mil por mês para a lavagem dos caminhões. Um tanque com capacidade para 45 mil litros recebe a água da lavagem e da chuva, que chega por meio das calhas instaladas na cobertura.

Fonte: DCI, 27/03/14

Veja também

Aedes_aegypti_during_blood_meal

Incidência de casos de dengue é maior em ilhas de calor

Com base nos dados da Prefeitura de São Paulo colhidos entre 2010 e 2011, uma ...