Home » Noticias » Gestão inteligente e integrada da água é fundamental para paz e segurança globais

Gestão inteligente e integrada da água é fundamental para paz e segurança globais

O acesso reduzido à água decorre das mudanças climáticas, da rápida urbanização e das pressões populacionais e pode intensificar tensões sociais, instabilidade política e fluxos de deslocamento.

A água é o mais básico de todos os direitos humanos e um elemento central para os assuntos globais e para a agenda de desenvolvimento, tendo implicações na paz e na segurança internacionais, disse o vice secretário-geral, Jan Eliasson, à Cúpula Mundial da Água realizada em Londres na última quinta-feira (06).

Eliasson enfatizou a importância da “hidro-diplomacia” ou “diplomacia da água”, uma vez que o acesso reduzido à água – decorrente das mudanças climáticas, da rápida urbanização e das pressões populacionais – pode intensificar as tensões sociais, a instabilidade política e os fluxos de deslocamento.

Estima-se que as demandas de água cresçam em 40% até 2050 e que 1,8 bilhão de pessoas em breve vivam em países ou regiões afetadas pela escassez hídrica. Atualmente 750 milhões de pessoas não têm acesso à água própria para o consumo, enquanto cerca de 2 milhões de crianças abaixo dos cinco anos morrem a cada ano por falta de água potável e de saneamento adequado.

No entanto, graças à mobilização global inspirada nos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM), dois bilhões de pessoas foram beneficiadas com o acesso a fontes melhoradas de água, resultado de investimentos e políticas inteligentes.

O vice secretário-geral ainda ressaltou que a água é utilizada como arma de guerra, como já ocorreu nos conflitos de Darfur, no Sudão, da Etiópia e, mais recentemente, nos embates relacionados ao Estado Islâmico (EI).

As tensões referentes à distribuição de água ainda devem ser exacerbadas por conta das mudanças climáticas. Por isso, Eliasson clamou pela gestão mais inteligente do recurso, que deve contar com parcerias globais entre governos e iniciativas privadas.

Fonte: ONU Brasil, 10/11/14

Veja também

Aedes_aegypti_during_blood_meal

Incidência de casos de dengue é maior em ilhas de calor

Com base nos dados da Prefeitura de São Paulo colhidos entre 2010 e 2011, uma ...