Home » Noticias » No mundo, 2,5 bilhões de pessoas não tem acesso a saneamento básico

No mundo, 2,5 bilhões de pessoas não tem acesso a saneamento básico

Segundo nota publicada no site da ONU, estima-se que 780 milhões de pessoas no mundo carecem de acesso a água potável e 2,5 bilhões de serviços de saneamento. Na América Latina e no Caribe, são 35 milhões sem acesso à água potável e 100 milhões sem saneamento básico. Segundo o Banco Mundial, na América Latina, 45% da água é perdida antes de chegar ao consumidor.

Além disso, a demanda global por água pode ultrapassar em 44% os recursos hídricos disponíveis em 2050. O aumento da demanda por energia também deve dobrar até o período.

A ligação entre água e energia é um fator importante, já que 16% da geração de energia do mundo vêm de hidrelétricas. Outro fator é que a água necessita de energia para ser purificada, transportada, pressurizada e depurada, fazendo com que os dois recursos sejam intimamente ligados.

“Temos que compreender a interdependência que existe entre a água, a energia e a segurança alimentar, 75% do uso industrial da água é destinado a geração de energia. Se não gerenciarmos de maneira sustentável este recurso vital, não vamos conseguir avançar na erradicação plena da fome”, assinalou a representante regional adjunta da FAO, Eve Crowley, para o site da ONU.

Fonte: Portal da ONU, 24/03/14

 

Veja também

Aedes_aegypti_during_blood_meal

Incidência de casos de dengue é maior em ilhas de calor

Com base nos dados da Prefeitura de São Paulo colhidos entre 2010 e 2011, uma ...