Home » Noticias » Parte da água tratada em Campinas deve ir para Viracopos em 2014

Parte da água tratada em Campinas deve ir para Viracopos em 2014

De acordo com o portal Rede Bom Dia, grande parte da água tratada em Campinas e que hoje é jogada de volta em rios da região pode se tornar fonte de renda para o município a partir do ano que vem, e um dos maiores consumidores será o Aeroporto Internacional de Viracopos, que está em fase de ampliação e em maio de 2014 vai inaugurar o novo terminal de passageiros.

Segundo o presidente da Sanasa (empresa mista de tratamento de água de Campinas), Arly de Lara Romêo, já foi firmado um protocolo de intenções com a concessionária Aeroportos Brasil Viracopos, que administra o aeroporto, para a venda da chamada água de reuso que será produzida a partir de janeiro em duas novas estações da cidade chamadas Epar (Estação Produtora de Água de Reuso).

“Essa água será tratada com membranas ao invés de produtos químicos, e vai sair com alta qualidade. É uma forma de usar alta tecnologia para evitar o desperdício, algo pioneiro no setor”, afirma Romêo. Segundo ele, atualmente Viracopos consome 13 mil metros cúbicos de água potável.

“No ano que vem esse consumo deve triplicar, podemos levar parte dessa água potável para outros lugares que precisam e também abastecer o aeroporto com água de reuso, para limpeza de banheiros, por exemplo”, explica.

A reportagem da Rede Bom DIa informa que as estações serão inauguradas no começo do ano e a Sanasa irá buscar uma parceria com a concessionária para construir um duto de 9km, capaz de levar essa água até o aeroporto.

O presidente da Aeroportos Brasil Viracopos, Luiz Alberto Küster, disse à Rede Bom Dia que é preciso discutir o custo da água de reuso, mas que apoia sua utilização. “Estamos conversando com a Sanasa porque a idéia é muito boa, prova que é possível aliar vantagem econômica e ganho ambiental”, disse.

Recentemente, uma pesquisa realizada pela Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República mostrou que Viracopos melhorou na percepção dos passageiros, e passou de 10° para 3° entre os 15 que serão utilizados na Copa do Mundo de 2014.

 

Fonte: Portal Rede Bom Dia – publicado em 12/11/2013

Veja também

Aedes_aegypti_during_blood_meal

Incidência de casos de dengue é maior em ilhas de calor

Com base nos dados da Prefeitura de São Paulo colhidos entre 2010 e 2011, uma ...